12 a 14 de Janeiro de 2018
Intimidade e Sexo Sagrado (nível 1): A Reconexão

Prem Gurutama e Daricha Sundari ministrando workshop Intimidade e Sexo Sagrado (Delerium).

Prem Gurutama e Daricha Sundari ministrando workshop Intimidade e Sexo Sagrado (Delerium).

Workshop apenas para casais.
Horários: 20h sexta e 9h às 18h sábado e domingo.

A Dinâmica:

Daricha e Gurutama conduzem os casais participantes a uma nova maneira de encarar sua sexualidade e de reverenciar o corpo do parceiro. Um trabalho terapêutico e vivencial que expande a intimidade e dá um significado sagrado,  transcendental e meditativo para a relação sexual, desconectando o sexo das influências e fantasias da mente.

Este é o nível 1  (A Reconexão) e é realizado em um final de semana, no qual os casais aprendem técnicas surpreendentes que proporcionam ganhos significativos para o relacionamento, uma quebra dos paradigmas sexuais e afetivos, com dinâmicas e meditações que alteram a bioquímica do corpo, desencadeando os níveis superiores de experiência orgástica e possibilitando o entendimento de que a energia sexual vai muito além do orgasmo cotidiano ao qual se está habituado – tornando-se uma porta de entrada para estados mais elevados de consciência, que nos coloca em contato com nossa verdadeira essência. É um convite especial para vivenciarem a expansão da união sexual, possibilitando um aprofundamento da conexão e intimidade.

Se você já participou do primeiro nível - A Reconexão (ou Delerium), poderá participar do segundo nível - A Fusão, fique atento à nossa agenda e não perca o nível II, no qual serão apresentadas novas técnicas de aprimoramento e conexão sexual tântrica.

Experiências e Aprendizados (Níveis 1 e 2):

  • O Workshop proporciona as seguintes experiências e aprendizados:
  • O prazer e a autoresponsabilidade;
  • A sexualidade sagrada;
  • Como criar rituais e espaço sagrado para o casal.
  • Massagem Tântrica Taoísta
  • Massagem Tântrica Sensitive, Yoni e Lingam massagem;
  • Técnicas de extrusão da glande clitoriana e peniana;
  • Respiração conectiva.
  • Meditações específicas para ativação da energia sexual e reconexão do casal.
  • Identificação e exploração dos feromônios sexuais;
  • Ativação da glândula pineal e liberação de hormônios do prazer e bem-estar.
  • O Ato sexual tântrico (MAITHUNA);
  • Aceitação e reverência entre o masculino e feminino.

Facilitadores: Daricha Sundari e Prem Gurutama
Inscrições: gurutama.tantra@gmail.com ou (61) 99952-7256
Local: ATMAN Consciência & Tantra - Asa Sul
Inclui coffee-break e seleção de músicas para a massagem. Carga horária total mínima: 18h.

Depoimentos:

A sensitive e a experiência olfato-gustativa foram muito importantes e tem aplicação diária. Um simples toque ou cheiro te remetem a lembranças e lugares que por vezes são muito mais significativos do que o ato sexual em si. O trabalho foi bastante forte e intenso, sendo que ao final do domingo estávamos (o casal) exaustos, mas bastante felizes.

Engraçado perceber que um trabalho tão íntimo pode gerar mudanças com reflexos muito maiores do que apenas aqueles observados na área sexual.

Depois de um certo tempo de casamento, e com a correria e todos os afazeres do dia a dia, é comum o casal ir se distanciando. Realizamos a Vivência Tântrica para Casais em Junho e aquela noite (algumas horinhas!) mudaram a nossa concepção de como deveria ser um relacionamento. Foi impossível não querer dar prosseguimento no desenvolvimento do trabalho e fizemos a nossa inscrição na Delerium. A forma como o trabalho foi conduzido, com extremo profissionalismo, carinho e cuidado, não deixaram nenhuma dúvida de que estávamos fazendo a coisa certa, no lugar certo, com as melhores pessoas possíveis. Os facilitadores do trabalho (Daricha e Gurutama) agiram o tempo todo com extrema naturalidade, ajudando a derrubar diversas barreiras e desmistificar diversos tabus. Ficou o gostinho de quero mais e a certeza de que não pararemos na primeira. O relacionamento é algo que deve ser cuidado e cultivado diariamente, e acredito que essa consciência foi o maior aprendizado que tivemos no Workshop.
— Andressa (Brasília – Julho 2015)
Não soube falar para vocês no dia o que senti no workshop pois, especialmente para mim, é muito difícil falar, e muito mais difícil, falar de sentimentos.
Por isso quero agradecer agora a oportunidade do repensar, do aprofundamento em mim mesma.
Sinto claramente os efeitos e os reflexos disso.
Como vocês disseram, a correria do dia a dia acaba nos deixando no automático, nos fazendo esquecer de nós e dos outros, e assim deixamos de vivenciar o mais simples: um olhar, um carinho, um tempo dedicado a si mesmo e ao outro.
Esse workshop foi uma oportunidade realmente para nossa reconexão... Para pararmos para conversarmos sobre nós, voltarmos a nos conhecer...
O momento mais importante para nós foi a dinâmica do olhar que fizemos no último dia. Foi o despertar, quando percebemos o quanto realmente somos importantes um para o outro, o quanto fez diferença nos encontrarmos.
Naquele momento me encontrei nos olhos dele e tive a certeza do amor. Consegui me reencontrar, me resgatar, me perceber.
Para mim foi o mais importante e o que fez valer a vivência do workshop.
Obrigada!

RECONEXÃO
E quando não há pensamento,
Aflora o sensível
atravessando barreiras
antes postas no caminho

O tempo paralisa
e no mergulho dos olhos
o encontro do Eu

E o pulsar dos corações
flamejantes de amor
vibram uníssonos

Transbordam
Exalam
E sublimam em êxtase
— Cinthia Xavier (19/12/2016)
Não tinha nenhuma ideia do impacto que a experiência poderia causar na minha vida. Passei muito tempo acreditando que a infelicidade na nossa vida sexual se dava exclusivamente às minhas próprias performances. Nesse primeiro ponto o workshop já foi extremamente relevante, porque incutiu conceitos que criam alicerces para uma vida sexual saudável. Exemplo maior foi a consciência de que o prazer deve ser buscado pelo casal, e ele não se deve ser imposto como obrigação do seu parceiro.

Outra coisa muito significativa é perceber o nível de prazer e conexão que a prática nos proporcionou. Minha analogia fica como se minha essência tenha sido cavada com as mãos e de lá foi retirada uma energia que nem sabia que existia. Foi como tivesse tirado o monte Everest das costas.

A sensação atual é de que não poderia ter perdido essa chance. Mesmo com todo ceticismo que existia antes de ouvir a primeira música, a primeira prática, depositei ali tudo o que eu tinha. A mente aberta para receber essa experiência é de extrema valia. E fica também um sorriso que insiste em permanecer no canto da minha boca...
— Carlos Ernesto (Pirenópolis, novembro de 2015)

Inscreva-se aqui!

Descreva sua razão para querer realizar a vivência, suas expectativas e dúvidas. Explicaremos tudo bem direitinho, fique tranquilo! :)